My EKG, O Site do Eletrocardiograma Logo

Intervalos e Segmentos do Eletrocardiograma


Antes de começar, vamos esclarecer os conceitos de segmento e de intervalo eletrocardiográfico. São aparentemente iguais, mas são diferentes.

Segmento do eletrocardiograma: a linha (normalmente isoeléctrica) que une uma onda com outra onda, sem incluir qualquer deles.

Intervalo do eletrocardiograma: a porção do ECG que inclui um segmento e uma ou mais ondas.

Diferenças entre os Intervalos e Segmentos do ECG

As diferenças entre os intervalos e os segmentos

Segmento PR: a linha que une o fim da onda P com o início do complexo QRS.
Intervalo PR: do início da onda P até o início de QRS, incluindo a onda P.

Intervalo R-R

Intervalo RR

O intervalo R-R é a distância entre duas ondas R sucessivas (incluindo uma onda R). No ritmo sinusal o intervalo R-R deve ser constante.

O intervalo R-R é medido desde o início de uma onda R até o início da próxima R. Seu duração depende da frequência cardíaca.

Em eletrocardiogramas com ritmo regular pode ser calculado sabendo o valor da frequência cardíaca.

Intervalo PR

Artigo relacionado: Alterações do intervalo PR

Intervalo PR

Representa a despolarização atrial e o retardo fisiológico do estímulo ao passar pelo nó atrioventricular (AV).

É medido desde o início da onda P até o início da onda Q ou onda R. Seu valor normal é de 0.12 s a 0.20 s.

Em casos, como as síndromes de pré-excitação, o intervalo PR pode ter dismuinda sua duração (intervalo PR curto) e representa uma condução AV acelerado.

No bloqueio atrioventricular de primeiro grau o intervalo PR é prolongado, porque a condução AV é mais lenta.

Intervalo QRS

Intervalo QRS

Mede o tempo total de despolarização ventricular. É medido desde o início da onda Q ou onda R até o final da onda S (ou R', se esta é a última onda). Seu valor normal é entre 0.06 s e 0.10 s.

O intervalo QRS inclui o conjunto de ondas que formam o complexo QRS. É prolongado nos bloqueios de ramo e na síndrome de Wolff-Parkinson-White.

Intervalo QT

Artigo relacionado: Alterações do intervalo QT

Intervalo QT

O intervalo QT representa a sístole eléctrica ventricular, ou o que é o mesmo, o conjunto da despolarização e repolarização dos ventrículos.

Sua duração varia de acordo com a frequência cardíaca, assim que se deve ajustar seu valor à frequência cardíaca.

Esta correcção é realizada com a fórmula de Bazett (intervalo QT dividido pela raiz quadrada do intervalo R-R).

O intervalo QT corrigido é normal entre 340 ms e 450 ms em adultos jovens, (menor de 460 ms em 15 anos e menor de 470 ms em mulheres adultas).

Segmento ST

Artigo relacionado: Alterações do segmento ST

Segmento ST

O segmento ST representa o inicio da repolarização ventricular y corresponde com a fase de repolarização lenta em « plateau » dos miócitos ventriculares.

Representa um período de inatividade entre a despolarização e o início da repolarização ventricular.

Normalmente é isoelétrico, e é medido desde o final do complexo QRS até inicio da onda T (lembre-se que, ao contrário dos intervalos, o segmento ST não contém nenhuma onda).

As alterações do segmento ST são de grande importância no diagnóstico das síndromes coronarianas agudas.

Anterior | Próximo

Se você gostou... Compartilhe.