My EKG, O Site do Eletrocardiograma Logo

Derivações e Paredes Cardíacas


Localização das Derivações Cardíacas

Cada uma das doze Derivações do Eletrocardiograma registram informação específica das diferentes áreas do coração.

Naturalmente, fornecem mais detalhes da parede mais próxima do que as mais distantes (eletricamente falando).

Por exemplo: As derivações inferiores fornecer mais informação sobre a parede inferior do coração do que o resto das paredes.

É por isso que agrupamos as Derivações do ECG dependendo da parede do coração que fornece mais informação.

Isto tem grande relevância na Cardiopatia Isquêmica, tanto no Infarto com Elevação do ST, onde o ECG nos permite localizar, com alguma certeza, a artéria obstruída, como em pacientes com infarto prévio, onde a onda Q localiza as áreas de necrose miocárdica.

Correlação entre Paredes Cardíacas e Derivações do Eletrocardiograma.

Podemos distinguir três grupos de derivações que se correlacionam anatomicamente com as paredes anterior, inferior e laterais do ventrículo esquerdo, e outro grupo que fornece informação sobre o ventrículo direito.

Derivações do Eletrocardiograma: Direitas, Anteriores, Laterais e Inferiores

Derivações Direitas, Anteriores, Laterais e Inferiores do ECG.

  • Derivações Direitas, V1-V2: Ventrículo Direito e Septo interventricular
  • Derivações Anteriores, V3-V4: Parede Anterior do Ventrículo esquerdo.
  • Derivações Laterais baixas V5-V6: Parede Lateral baixa.
  • Derivações Laterais altas D1 y aVL: Parede Lateral alta.
  • Derivações Inferiores D3, D2 y aVF: Parede Inferior.

Para confirmar alterações de Ventrículo Direito é recomendado também fazer as Derivações Precordiais Direitas (V3R, V4R, V5R e V6R).

As alterações da parede posterior se observam em V1-V3 como imagens “em espelho”. Recomenda-se realizar as Derivações Posteriores (V7, V8, V9) para comparar a informação de ambas.

Se você gostou... Compartilhe.