My EKG, O Site do Eletrocardiograma Logo

Bloqueios de Ramo


Os Bloqueos de Ramo são distúrbios da condução elétrica, distal ao Feixe de His, que provocam mudanças na maneira em que ambos os ventrículos são despolarizados.

Esta alteração na despolarização ventricular causa alterações significativas no complexo QRS do electrocardiograma, que em casos severos (Bloqueios Completo do Ramo) provoca um aumento da duração e mudanças na morfologia.

Como a despolarização é alterada, a repolarização ventricular também é realizada de forma anormal, portanto, a Onda T também apresentará alterações morfológicas nos Bloqueios Completo do Ramo 1.


Anatomia dos Bloqueios de Ramo

Artigo relacionado: Sistema de Condução Cardíaco

Condução Intraventricular

Ramo Direito, Ramo Esquerdo e Fascículos

1- Nó Atrioventricular e Feixe de His. 2- Ramo Direito. 3- Ramo Esquerdo. 4- Fascículo Anterior. 5- Fascículo Posterior.

O Feixe de His divide-se em dois ramos:

  • O Ramo Direito, estimula o ventrículo direito e o terço direito do septo interventricular.
  • O Ramo Esquerdo, estimula o ventrículo esquerdo e os restantes dois terços do septo interventricular.

Enquanto o Ramo Direito permanece indiviso, o Ramo Esquerdo é dividido em dois pequenos ramos ou fascículos.

  • O Fascículo Anterior, que transmite o impulso para a região ântero-superior do Ventrículo Esquerdo.
  • O Fascículo Posterior, que transmite o impulso para a região póstero-inferior do Ventrículo Esquerdo.

Qualquer alteração em um desses três ramos provoca um distúrbio de condução interventricular que se reflete em alterações no electrocardiograma.

Bloqueios Completos de Ramo

O bloqueio de ramo completo ocorre quando há uma obstrução completa do impulso no ramo direito ou no ramo esquerdo antes da subdivisão.

Os Bloqueios Completos do Ramo apresentam, no Eletrocardiograma, um complexo QRS largo (superior a 0,12 s).

Isto é causado porque o estímulo elétrico primero despolariza ao ventrículo do ramo saudável, e depois, através do miocárdio, ao ventrículo do ramo afetado.

O Tempo de despolarização ventricular é aumentado e, por conseguinte, ocorre um alargamento do complexo QRS.

Mais informações em: Bloqueio do Ramo Direito, Bloqueio do Ramo Esquerdo.


Bloqueios Divisionais Esquerdos ou Hemibloqueios Esquerdos

Os Bloqueios Divisionais ou Hemibloqueios Esquerdos ocorrem quando a condução é bloqueada em um dos fascículos do ramo esquerdo.

Nestes bloqueios, não ocorre um atraso na duração da despolarização ventricular, de modo que, o complexo QRS é estreito.

Sua principal característica no eletrocardiograma é um desvio acentuado do Eixo Cardíaco.

Mais informação em: Bloqueios Divisionais Esquerdos


Bloqueios Incompletos do Ramo

Nos Bloqueios Incompletos do Ramo, não há interrupção do estímulo como nos bloqueios completos. O impulso é conduzido pelos dois ramos, mas, mais lentamente pelo ramo afectado.

No electrocardiograma se observa um alargamento mínimo dos Complexos QRS (entre 0,1 s e 0,12 s) e alterações morfológicas similares aos Bloqueios Completos.

Bloqueio Incompleto do Ramo Direito:

  • Duração do complexo QRS entre 0,1 s e 0,12 s.
  • Morfologia RSR' em V1 ou V2.

Bloqueio Incompleto do Ramo Esquerdo:

  • Duração do complexo QRS entre 0,1 s e 0,12 s .
  • Onda R alta em V4 e V5.
  • Ausência de Q inicial em I, aVL, V5 e V6..
  • Espessamento da porção inicial ascendente da onda R em V5-V6 2 3

Ambos Bloqueios Incompletos podem ter alterações do Segmento ST ou da onda T.

Referências

  • 1. Goldberger A. Clinical Electrocardiography: A Simplified Approach. 7a ed. Philadelphia: Mosby Elservier; 2006.
  • 2. Incomplete Left Bundle-Branch Block. Schamroth L, Bradlow BA. Heart J. 1964 Mar; 26(2): 285–288.
  • 3. Ginefra P, Correa E, et al. Distúrbios da Condução Intraventricular – Parte 1. Rev SOCERJ 2005;18(4):307-323.

Anterior | Próximo

Se você gostou... Compartilhe.