My EKG, O Site do Eletrocardiograma Logo

Intervalo PR


Intervalo PR

O intervalo PR se mede desde o início da onda P até ao início do complexo QRS, incluindo à onda P e ao segmento PR.

Deve ser medido na derivação com a onda P mais alta e larga, e com o QRS mais prolongado 1.

O intervalo PR inclui a despolarização atrial e a propagação do estímulo a través do Nó AV e do Sistema de Condução até que o miocárdio ventricular começa a ser despolarizado 1.

Não inclui o período de condução do Nó Sinusal ao átrio direito.

O intervalo PR também contém à repolarização atrial (onda T atrial) que é oposta ao eixo da onda P. Mas como a repolarização atrial normalmente tem uma baixa amplitude, o segmento PR habitualmente é isoelétrico na maioria dos casos.

Intervalo PR Normal e Anormal

Intervalo PR Normal:

Nos adultos o intervalo PR normal mede entre 0.12 e 0.20 segundos (3 a 5 quadrados pequenos).

Intervalo PR Normal

Intervalo PR Normal (0.14 seg).

Geralmente é mais curto nas crianças (veija ECG pediátrico) e mais prolongado nas pessoas idosas.

Intervalo PR Prolongado:

O prolongamento do intervalo PR maior de 0.20 seg (5 quadrados pequenos) se denomina Bloqueio AV de primeiro grau.

Intervalo PR Prolongado

Bloqueio AV de Primeiro Grau com Intervalo PR prolongado (0.36 seg).

Isto indica um atraso na condução desde o Nó Sinusal até os ventrículos. O Nó Atrioventricular é a estrutura envolvida com mais frequência nos adultos.

No Bloqueio AV de segundo grau tipo 2 existe um prolongamento progressivo do intervalo PR até que uma onda P fenômeno é conduzida (Fenômeno de Wenckebach).

Intervalo PR Curto:

Um intervalo PR curto (menor de 0.12 seg) pode ser causado por uma síndrome pré-excitação (Wolff-Parkinson-White), um ritmo atrial ectópico ou um ritmo juncional.

Wolff-Parkinson-White com Intervalo PR Curto

Wolff-Parkinson-White com Intervalo PR curto (0.08 seg) e onda Delta (setas vermelhas).

Os achados mais importantes na Síndrome de Wolff-Parkinson-White são: Um intervalo PR curto, a presença de onda Delta e complexos QRS largos.

No ritmo atrial ectópico ou no ritmo juncional podem ser observados intervalos PR curtos com ondas P anormais e com complexos QRS estreitos.


Elementos do Intervalo PR

Onda P

Artigos relacionados: Ondas do ECG, Alterações de Ondas e Intervalos.

A onda P representa a despolarização atrial, é o resultado da sobreposição da actividade elétrica dos dois átrios.

A duração da onda P é inferior a 0,10s e sua voltagem máxima é de 0,25. A onda P normal é positiva em todas as derivações, exceto em AVR onde é negativa, e em V1 onde é isodifásica.

Mais informações em: Ondas do ECG, Alterações de Ondas e Intervalos.

Segmento PR

Artigo relacionado: Intervalos e Segmentos.

O segmento PR é o segmento isoelétrico entre o final da onda P e o início do complexo QRS. Está incluído no intervalo PR (leia as diferenças entre Segmentos e Intervalos).

Causas de depressão do Segmento PR:

  • Taquicardia induzida pelo exercício.
  • Presença de ondas P altas.
  • Pericardite.
  • Isquemia Atrial.

Mais informações em: Intervalos e Segmentos.

Esperamos que este artigo sobre o Intervalo PR lhe seja útil. Se você clica em Próximo, poderá ler mais sobre a análise do Intervalo QT.

Anterior | Próximo

Referências

  • 1. Surawicz B, Knilans TK. Chou’s electrocardiography in clinical practice, 6th ed. Philadelphia: Elservier; 2008.

Se você gostou... Compartilhe.